A Barbárie e a cultura


Ao ler um texto de Michel Maffesoli me deparei com a seguinte frase: “Entretanto, se soubermos aplicar a lucidez fora de qualquer atitude de julgamento, o que é nossa única exigência, saberemos reconhecer que, parafraseando Walter Benjamin, ' não existe nenhum registro de cultura que não seja também registro de barbárie”.

Na mesma hora me veio na mente o limite do homem e do primata do início do filme 2001 - Uma Odisséia no Espaço do diretor Stanley Kubrick.

A parte da qual eu me refiro do filme 2001 - Uma Odisséia no Espaço do diretor Stanley Kubrick é chamado por ele de Dawn Of Man (a aurora do homem). Quem quiser assistir aqui está:




Vale a pena ver, pois remete muito sobre o que é cultura... Mas ainda pergunto: O que lembra a vocês essa frase de Walter Benjamin? É para refletir...

E quem quiser refletir mais ainda, basta visitar o site: http://www.kubrick2001.com/ (é de mais!!!)